sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Coraline e a Porta Secreta - Neil Gaiman

Sinopse: Na nova casa de Coraline Jones existem vinte e uma janelas e catorze portas. Treze podem-se abrir livremente e uma está sempre fechada. Certo dia, Coraline decide investigar o que existe para lá desta porta misteriosa e descobre uma passagem secreta para outra casa exactamente igual à sua, contudo muito diferente... Nesta casa encontra uma série de coisas muito, muito estranhas, e, outros pais na aparência exactamente iguais aos seus... Esta brilhante história, referida por muitos como uma versão moderna de Alice no País das Maravilhas deu origem a uma empolgante adaptação cinematográfica.



Coraline é uma jovem rapariga e, como todos os jovens, anda à procura de novas aventuras. Então decide atravessar uma porta secreta, existente na sua nova casa. Lá descobre uma outra versão de uma outra vida, que poderá ser a sua. Descobre outros pais que, apesar de serem fisicamente parecidos, no resto nada são iguais. À primeira vista, aquela realidade parece mais atractiva à jovem Coraline. Ali os animais falam, a mãe apenas faz refeições que Coraline gosta, as duas vizinhas são novas e bonitas… No entanto, a jovem começa a descobrir que a sua outra mãe a quer a todo o custo, nem que para isso prenda os seus pais verdadeiros para todo o sempre. A salvação deles está dependente de Coraline, que munida de uma grande determinação e coragem, vai conseguir salvá-los e voltar de novo para casa.

Coraline é um livro que retrata as relações entre pais e filhos e mostra que a comunicação entre ambas as partes é essencial. Na sua vida presente, os pais não têm muito tempo para ela, mandando-a, muitas vezes, brincar sozinha, deixando-a com as suas próprias explorações. O livro mostra o quanto é importante estabelecer relações de afecto entre pais e filhos. Um livro para ler e reler em família.


Classificação: 3/5



3 Comments:

Cristina Bernardes said...

A minha Carol já leu e gostou, ainda não tive tempo de lhe pegar mas vai ser com certeza uma das minhas leituras. Aliás gostamos de conversar sobre leituras que fazemos as duas... uma pequena estratégia que utiliso para ela se motivar para a leitura.

Marta said...

eu quero muito ver o filme!

ps: estou morta para ler o que irás escrever, sobre a livro Papisa Joana. Esse eu li!

Maria Manuel said...

Acho que a ideia de leituras em família é fantástica. é uma forma de incentivar os mais novos a ler.